Kanreki – Renascimento aos 60 anos

No Japão não costuma-se comemorar anualmente os aniversários, como normalmente ocorre no Brasil, porém existem datas e idades específicas que tradicionalmente são celebradas por serem consideradas auspiciosas. Essas celebrações são realizadas com o objetivo de trazer saúde, sorte, felicidade para a pessoa.

A celebração kanreki (還暦) marca os 60 anos de vida de um cidadão japonês. Literalmente significa “retornar ao calendário” pois segundo dizem, é durante o sexagésimo ano de vida que o ciclo zodiacal chinês (12 signos por ano e os 5 elementos: metal, água, madeira, fogo e terra) completa seu ciclo.

Esta celebração é realizada especialmente por homens por ser considerada um Yakudoshi, ou seja, uma idade propensa a calamidades e má sorte. É a idade do renascimento, por ser uma transição da fase adulta para a senil. Celebra-se com uma festa onde o bolo é decorado com grous (aves sagradas) brancos e tartarugas vermelhas.

Os grous brancos representam mil anos e as tartarugas vermelhas, 10 mil anos. Os filhos dão de presente ao sexagenário uma almofada, um chapéu e uma jaqueta sem mangas na cor vermelha chamada chanchanko que será usada no ritual Kanreki Iwai. Este traje representa a jaqueta de um bebê e um retorno ao início da vida.

Grou: O grou é um dos símbolos mais tradicionais do Japão, considerado tesouro nacional. Os japoneses acreditam que o grou é uma ave sagrada que simboliza paz e vida longa. Elas também simbolizam o amor conjugal e a fidelidade, porque essas aves são monogâmicas, ou seja, depois que um casal de grous se une, só a morte os separa.

Créditos da imagem: Vila do Louvor

Fonte: Japão em Foco