Esporte na 3ª idade: se exercitar 15 minutos por dia aumenta a expectativa de vida em três anos

Segundo o ortopedista do Hospital Israelita Albert Einstein, Marcello Cunha, a prática de exercícios e esportes na terceira aumenta a expectativa de vida em até três anos.

Para o especialista, começar é o grande problema: se uma pessoa com mais de 60 anos nunca praticou esportes na vida, por que ela começaria agora? Ele recomenda que a família ajude-a a encontrar alguma atividade que lhe dê prazer.

O esporte não pode ser algo feito por obrigação, porque, desta forma, logo vai ser deixado de lado. O principal é evitar começar com esportes muito exaustivos ou que exigem muita preparação. Daí em diante, é a pessoa quem decide o que lhe dá prazer. Esse estímulo precisa partir da família, mas sem colocar regras.

É claro que antes de começar a fazer algum esporte, é preciso procurar um médico e identificar se há algum problema de saúde. O especialista explica que se o idoso tem problemas cardiorrespiratórios, pressão alta, tumores ou deficiências metabólicas, precisa fazer atividades físicas que não exijam pressão cardíaca, como hidroginástica e natação

Esporte escolhido, é necessário se preparar para treinar sem prejudicar a saúde. Há pequenos cuidados que devem fazer parte da rotina de um idoso esportista:

-É essencial que os primeiros treinos não sejam realizados à noite, para não prejudicar o sono.

– Como idosos desidratam com facilidade, precisam beber mais de 2 litros de água por dia e evitar praticar atividades físicas sob o sol.

A Floripa Care oferece várias atividades físicas eficazes na manutenção da saúde, aumento na qualidade e expectativa de vida. Além disso, as atividades são divertidas e melhoram o humor dos participantes!

 

Fonte: www.r7.com.br